domingo, 19 de junho de 2011

PLANO DE NEGÓCIOS

UNIDADE BAHIANA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO
FACULDADES INTEGRADAS DE IPITANGA
















PLANO DE NEGÓCIOS












DANIELE BARBOSA
MAÍRA COSTA
MARCELO BARBOSA
ROMILSON RODRIGUES













LAURO DE FREITAS
2006

DANIELE BARBOSA
MAÍRA COSTA
MARCELO BARBOSA
ROMILSON RODRIGUES















PLANO DE NEGÓCIOS














Plano de negócios apresentado a Unidade Bahiana de Ensino, pesquisa e extensão, sob a orientação do professor José Elio, disciplina de Empreendedorismo, curso de Turismo e Hotelaria, 5º semestre.









Lauro de Freitas, 5 de outubro de 2006

Introdução



O mundo encontra-se globalizado. É sabido, no entanto, que a economia está centralizada por grandes potências mundiais, que atualmente remete a todos os países de terceiro mundo como o Brasil a uma reorganização na sua estrutura de organização, planejamento e controle no processo da criação de uma empresa, a qual já “nasce” em função da competitividade acirrada de mercado.

É justamente por conta destes avassaladores problemas que é importante elaborar um Plano de Negócios que realmente possa viabilizar a implantação de uma empresa sólida, criada através de idéias aperfeiçoadas e redirecionadas de acordo com as tendências do mercado e de acordo com a requisição de competitividade do setor em que a mesma se encontra inserida.

Contudo, através da elaboração de um Plano de Negócios, a pequena margem de erros diante do caos de abertura de fechamento de empresas, se torna um obstáculo simples para quem realmente almeja ser um empreendedor de sucesso que tem por maior objetivo alcançar um respeitável posicionamento de mercado e de produto.
















Sumário Executivo

*Setor da Atividade:

Setor Industriário e Comerciário

Dados do Empreendimento

*Nome da Empresa:

Delícia do Forte ltda..
CNPJ: ­­­­­­­­­­­­­­009541350001-41

*Equipe de Trabalho:

Danielle Barbosa de Araújo – Gerente Administrativa
Maíra Costa dos Santos – Gerente de Marketing
Marcelo Barbosa de Araújo – Gerente Financeiro e Chef
Romilson Rodrigues – Gerente Executivo de Contas

*Forma Jurídica:

Sociedade empresária.

*Localização da Empresa:

A empresa Delícia do Forte fica localizada há 50 km de salvador, na Costa dos Coqueiros, município de Barra do Pojuca, Camaçari/Ba.





*Missão e Visão


Oferecer produtos de qualidade, mesclado de regionalismo e cultura, os quais, venham a suprir as necessidades e exigências dos nossos clientes.

*A empresa:

A nossa empresa se chama Delícia do Forte ltda. É uma empresa do setor alimentício onde produto em questão é o fabuloso Sorvete Delícia do Forte, cujo preparo é minuciosamente supervisionado pelo Chef Marcelo Barbosa, para que leve consigo os segredos das mais fantásticas receitas internacionais, mesclado da cultura regional da Praia do Forte, bem como da variedade dos sabores extraídos da natureza, do sabor inigualável da polpa das frutas que o compõe e da consistência duradoura que remete ao degustador/cliente provar de um sabor inovador e irresistível.

Nós contamos ainda com alguns diferenciais bastante peculiares: - Cada cliente ao entrar na nossa empresa, poderá se deliciar com o nosso produto associando o sabor do sorvete degustado com o painel panorâmico na parede que vai estar mostrando a evolução da localidade, a cultura e os povos remanescentes de negros e indígenas. E por falar em indígenas, teremos também o maior prazer em demonstrar nos painéis as frutas que os indígenas utilizavam como forma alternativa de alimentação e o padrão de qualidade e saúde propiciado por estas mesmas frutas que atualmente se encontram inseridas no sabor e na textura do nosso produto.

Outro diferencial que estaremos oferecendo ao nosso cliente é a embalagem térmica apropriada para o sorvete, a qual, mantém a temperatura normal do produto sem nenhum tipo de restrição, propiciando ao cliente poder levar o produto a longas distâncias saboreando todo o regionalismo ímpar oferecido pela Sorveteria Delícia do Forte.

Nossa empresa é ainda uma empresa com responsabilidade social, pois conta ainda com a participação ativa da comunidade através da compra de frutos altamente naturais, típicos da região, com 0% de agrotóxicos e outras substâncias que são passivas a saúde humana.

*Plano de marketing:

O Nordeste é uma região típica do clima tropical e que praticamente não sofre as conseqüências drásticas do inverno como na maioria dos demais estados do Brasil, no entanto, foram traçadas ações estratégicas para o período de sazonalidade, onde pretende-se transformar tanto a  Sorveteria matriz quanto todas as demais filiais implantadas em lanchonetes, barzinhos, e afins em uma espécie de Sorveteria/Lanchonete, oferecendo produtos do ramo dos lanches naturais durante o período diurno e produtos do ramo de chocolates, que são os famosos chocolates quentes e fondues, associado sempre a proposta de qualidade e sabor para que assim possamos ter uma alternativa de renda no período chuvoso. Para os bares e restaurantes iremos oferecer a proposta das sorveroscas e bebidas quentes com sorvete, que também permanecem como uma estratégia de produto  para o tempo frio.

·       Consumidor: Nosso público alvo é bem diversificado e abrange todas as faixas etárias, exceto os drinks que não serão abrangentes ao público de crianças e adolescentes menores de 18 anos.

·       Análise de mercado e Competividade: O mercado do setor alimentício é bastante competitivo, no entanto no ramo de sorveteria e sorvete, há uma defasagem muito grande de empresas que atuem neste segmento e que já tenham um posicionamento de mercado pré-estabelecido, exceto as grandes empresas (como a Kibon e Nestlé) que aderiram a produção de sorvetes. Este aspecto representa um fator positivo para a implantação da nossa empresa, pois iremos unir uma proposta ampla na fabricação do produto e na inserção de filiais da empresa matriz.

·       Ameaças e oportunidades: As grandes empresas de nível nacional como a Kibon e Nestlé, representam uma ameaça pelo seu posicionamento de mercado, entretanto nós estaremos utilizando um produto fabricado na própria localidade onde inicialmente será revendido (Praia do Forte), e onde a relação de custo/beneficio é bem mais viável, propiciando simultaneamente ao cliente preços melhores com a mesma qualidade das empresas anteriormente citadas.

·      Localização e Instalação: O local é de excelente acesso pois fica situado em uma área comercial que tem como base sub regiões agrícolas circunvizinhas e dentro da mesma, onde encontra-se frutas em alta diversidade que podem ser utilizadas como matéria prima para a fabricação do produto final, além de possuir fácil acesso a pedestres e veículos, ficando apenas a 50 km de salvador e a 170km de Aracaju.
































CONTRATO DE CONSTITUIÇÃO DA SOCIEDADE LTDA

1º Marcelo Barbosa De Lima, brasileiro, natural de Serrinha, BA, casado, turismologo em formação, nº CPF 01256385-12, carteira de identidade nº10074767-10, expedida em: 03/10/2001, pela SSP/BA, residente e domiciliado na rua Filogônio de oliveira s/n Praia Do Forte/Camaçari/Ba, CEP:42825-000

2º Maíra Costa dos Santos, brasileira natural de Santo Antônio de Jesus, solteira  turismologa em formação, nº CPF 0082564211,carteira de identidade nº 02534312589 expedida em Salvador/Ba pela SSP/BA, residente e domiciliada na rua Jardim Pouso Alegre Qd 08 lote 20, Itinga, CEP: 42700-000

3ºDaniele Barbosa de Araújo, brasileira, natural de Amargosa, Solteira turismologa em formação, CPF nº 0889653 carteira de identidade nº 0869321 expedida em Salvador/Ba, pela SSP/BA, Residente e domiciliada na rua Planalto das flores, Qd 08, lote 36, CEP: 42700-000

4º Romilson Rodrigues, brasileiro natural de São Francisco do Conde, solteiro, turismologo em formação, nº CPF: 035645321 carteira identidade nº 0254631, expedida em Salvador/Bahia, pela SSP/BA, residente e domiciliado na rua Juarez Mendes, número 343, Cep: 42700-000

5º A sociedade girará sob o nome empresarial MMDR Serviços Ltda.. e terá sede e domicilio na rua filogônio de oliveira s/n Barra do Pojuca, Camaçari/Ba, CEP: 42-825-000.

6º O capital social será de R$ 200, 000,00 (duzentos mil reais) dividido em R$ 200, 000,00 (20 mil)quotas no valor nominal R$ 10,00 (dez reais), integralizadas, neste ato em moeda corrente no País, pelos sócios:

Marcelo Barbosa de lima: 5,000 quotas no valor R$ 10,00 (dez reais) total de R$ 50,000,00 (ciquenta mil reais).

Maira Costa dos Santos: 5,000 quotas no valor R$ 10,00 (dez reais) total de R$ 50,000,00 (ciquenta mil reais).


Daniele Barbosa de Lima: 5,000 quotas no valor R$ 10,00 ,(dez reais )total de R$ 50,000,00 (ciquenta mil reais).

Romilson Rodrigues  5,000 quotas no valor R$ 10,00 ,(dez reais )total de R$ 50,000,00 (ciquenta mil reais).


7º o objeto será fabricação e comércio de sorvetes e derivados, além de eventos, a exemplo de casamento formaturas e um espaço para crianças,

8º A sociedade iniciará suas atividades no ano de 2007, com previsão de ampliação em cinco anos com implantação de uma filial por ano, o prazo de funcionamento é indeterminado.

9º as quotas são indivisíveis e não poderão ser cedidas ou transferidas a terceiros sem o consentimento do sócio , a quem fica assegurado,em igualdade de condições e preço direito de preferência para sua aquisição se postas à venda, formalizando se realizada a cessão delas, a alteração contratual pertinente.

10º A responsabilidade de cada sócio é restrita ao valor de suas quotas, mas todos respondem solidariamente pela integralização do capital social.

11º A administração da sociedade caberá a Marcelo Barbosa, com poderes e atribuições de sócio responsável autorizado o uso do nome empresarial, vedado, no entanto,em atividades estranhas ao interesse social ou assumir obrigações seja em favor de qualquer dos quotistas  ou de terceiros, bem como onerar ou alienar bens imóveis da sociedade,sem autorização dos outros sócios.

12º Ao término de cada exercício social, em 31 de dezembro, o administrador prestará contas justificadas de sua administração, procedendo à elaboração do inventário, do balanço patrimonial e do balanço de resultado econômico, cabendo aos sócios na proporção de suas quotas, os lucros ou perdas apurados.

13º Nos quatro meses seguintes ao término do exercício social, os sócios deliberarão as contas e designarão administradores quando for o caso.

14º a sociedade poderá a qualquer tempo, abrir ou fechar filial ou outra dependência, mediante alteração contratual assinadas por todos os sócios.

15º Os sócios poderão de comum acordo, fixar uma tirada mensal, a titulo de “pro labore”, observadas as disposições regulamentares pertinentes.

15º falecendo ou interditado qualquer sócio, a sociedade continuará suas atividades com os herdeiros sucessores e o incapaz. Não sendo possível ou inexistido interesses destes ou dos sócios remanescente, o valor dos seus haveres será apurado e liquidado com base na situação patrimonial da sociedade, a data da resolução, verificada em balanço especialmente levantado.

Parágrafo único – O mesmo procedimento será adotado em outros em que a sociedade se resolva em relação ao seu sócio.

16º O administrador declara, sob as penas da lei, de que não está impedido de exercer a administração da sociedade, por lei especial, ou em virtude de condenação criminal ou por se encontrar sob o efeito dela, a pena que vede ainda que temporariamente, o acesso a cargos públicos; falimentar, de prevaricação, peita ou suborno, concussão, peculato, ou contra a economia popular, contra o sistema financeiro nacional, contra normas de defesa da concorrência, contra as relações de consumo, fé pública ou a propriedade.

17º Fica eleito o foro de camaçari para o exercício e o cumprimento dos direitos e obrigações resultantes deste contrato.

E por estarem assim justos e contratados assinam o presente instrumento em 03 vias.



          Barra do Pojuca , __________ de _______________ do ano de _____________.




Marcelo Barbosa de Lima
(sócio)



Maíra Costa dos Santos
(sócia)



Daniele Barbosa de Araújo
(sócia)



Romilson Rodrigues
                                                          (sócio)




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário